Este blog

Educação e temas ambientais

“Garantir a existência de um ambiente sadio para toda a humanidade implica em uma conscientização realmente abrangente que só pode ter ressonância e maturidade, através da Educação Ambiental. Um processo educativo que envolva ciência e ética e uma renovada filosofia de vida, dotadas de atributos e valores essenciais: capacidade de escrever sua própria história; informar-se permanentemente do que está acontecendo em todo o mundo, criar culturas e recuperar valores essenciais da condição humana. E, acima de tudo, refletir sobre o futuro do planeta.”         AB’SABER, Aziz. Reconceituando Educação Ambiental

Este trabalho é uma iniciativa de um grupo de educadores, colaboradores do LAPECH (Laboratório de Pesquisa e Ensino em Ciências Humanas da Faculdade de Educação da USP) que desde a década de 80 vem se dedicando à formação inicial e continuada dos que pretendem exercer ou exercem a profissão de professor.           

O conceito de ambiente vem se qualificando desde a década de 1970, integrando, na sua formação, a natureza dos processos biofisicoquímicos ao processo social e a importância da problemática ambiental vem suscitando debates entre cientistas, autoridades governamentais e cidadãos, empenhados em contribuir para diminuição do estado de degradação do ambiente e sua reconstrução. Segundo Nídia Nacib Pontuschka, a premissa de alteração de vida ou de trocas de energia, em situação mais equilibrada, associa-se ao propósito de conquista de padrões sociais compromissados com o manejo de atividades locais por cidadãos cientes de que, ao pensarem e agirem em função do equilíbrio das condições ambientais próximas, interferem no equilíbrio das condições planetárias. (2006.p.159).

Os debates travados em torno do conceito de ambiente e das ações relacionadas ao meio demonstram a necessidade de se conhecer as representações sociais que os envolvidos no projeto têm dos problemas ambientais e das relações entre sociedade humana e natureza, bem como averiguar as relações entre essas representações e as práticas do grupo social referido.

Segundo postulados da psicologia social (MOSCOVICI: 1987), as representações sociais, conscientes ou não, orientam a vida dos indivíduos.  

As representações são elaboradas a partir de experiências e de informações, modelos de pensamento recebidos e transmitidos por tradição, educação e comunicação social, concorrendo para uma visão de realidade comum em um conjunto social ou cultural.” (JODELET: 1993).

 As representações podem ser falsas ou verdadeiras. Verdadeiras se respondem a problemas reais; falsas, quando se distanciam da vida, tornando-se ambíguas ou enganadoras. (LEFEBVRE: 1980). Assim, podem conduzir a ações equivocadas e, no caso de problemas ambientais, desastrosas e irreparáveis. Por essa razão é imprescindível que, em um projeto como este, sejam conhecidas e que se compreenda de onde se originam e como determinam formas de atuação.

 Este projeto, porque trata da problemática ambiental, uma das prioridades do mundo contemporâneo, tem razões suficientes para sustentar-se em duas opções referentes ao ato de conhecer. Uma diz respeito ao diálogo fundamental entre as ciências, na busca da compreensão de fatos e fenômenos, já que nenhuma delas pode pretender o conhecimento absoluto de realidades tão complexas e instáveis. A segunda consiste na concepção de outro, em sua participação efetiva na constituição do diálogo para o conhecimento (BAKHTIN: 1992) . O outro, assim considerado, não é apenas um auxiliar a fornecer informações ou dar depoimentos necessários à reconstituição da memória e da história locais. A interação do pesquisador com o outro é que possibilita o conhecimento. Pelo conceito de dialogismode Bakhtin, podemos dizer que esse outroé a fonte teórica-prática de todo o saber já adquirido pelo pesquisador. Essa fonte é também aquele que concede entrevista ou com quem o pesquisador trabalha, no processo de pesquisa do projeto. O outro é ao mesmo tempo o eu que busca saídas para a vida do aqui e agora e do lá, e depois, a vida do planeta de todos.

Responses

  1. Excelente página! estou ingressando na imensa inter-disciplina que é a educação ambiental, e quanto mais leio e estudo, mais entendo como são complexas as relações entre humanidade e meio ambiente.

  2. À Yoshiharu Saito *Obrigado por seu comentário.* *Saudações* *Equipe do sítio *

  3. muito bommm essa pagina

  4. excelente! lindo trabalho!!


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: